16.12.07

Max

Apaixonei-me, sexta-feira, pela paixão de um homem.
Seu nome é Max, seus pelos são brancos, seu dorso curvado (talvez por tanto levar cartazes ao colo, ler revistas fora de linha e olhar para telas da memória).
Mal posso esperar fevereiro, quando Max prometeu conversar novamente comigo.
Armei uma bomba relógio de dinamite e, durante o carnaval de 2008, me curvarei com ele sobre seus cartazes, suas revistas, suas memórias e registrarei para o Díinamo alguns cacos da paixão de Max pelo cinema.
TK

6 comentários:

Anônimo disse...

... que Deus te abençoe por essa paixão!!!! MAX é o MÁXimo...
SilviaC.

Pó & Teias disse...

Não seria o Max Merege, sobrinho do Pedro Merege?

Anônimo disse...

O amor é lindo! A Júlia não ficará com ciúmes?

T K disse...

Meu caro amigo do ponheteias, desconheço o sobrenome do Max, mas tendo em vista que Max nasceu trinta e cinco anos antes do que Pedro, as chances de que o primeiro seja sobrinho do segundo são mínimas... confere?

T K disse...

Caro Anônimo, quando ela o conhecer, se apaixonará por ele também.

pmerege disse...

O programa Díínamo na TV será substituído em breve por "Na Cama com Max"